Muda Brasil

O Circuito Eco tem como meta, o Plantio de 3 milhões de mudas de árvores, propiciando reflorestamento para o ecossistema brasileiro, no período de 2017 a 2021, através da proposta: Ação Muda Brasil.

O Consumo Sustentável - Cartão Clube Eco Brasil e o evento 5 de Junho – Em Prol do Dia Mundial do Meio Ambiente, serão as ferramentas de execução destacando a proposta do Plantio.

Com ressalva, que o Circuito Eco posiciona o equilíbrio ecológico como meta permanente. Assim sendo, os ciclos do Plantio serão sempre renovados, enquanto o Projeto estiver ativo no mercado, visto que, sua proposta é vitalícia.

AÇÃO MUDA BRASIL
Compreende uma das propostas do Circuito Eco direcionadas à Sustentabilidade, através do plantio e reflorestamento em regiões com demandas de áreas degradadas, desmatadas e ribeirinhas, em qualquer localidade do território nacional, mediante parceria pública ou privada devidamente documentadas e autorizadas.

Tal proposta tem por objetivo o plantio de 600 mil mudas de árvores de várias espécies, no período anual da execução do projeto, visando contribuir para a compensação ou absorção em média de 163.140.000 Kg de gás carbônico (CO2), equivalente aos primeiros 20 anos. Como também, promoverá a manutenção e consolidação de reservas de umidade, além do reflorestamento anual de no mínimo 450 hectares de terras nestas áreas, revitalizando rios, córregos, lagos, em especial, nascentes. Desta forma, a Ação Muda Brasil (plantio) contribuirá para reduzir o impacto deixado pelas atividades que envolvem a cadeia produtiva da área de Eventos, minimizando assim, a pegada ecológica acarretada por este segmento. Isto ocorre através da ampliação das áreas verdes a serem disponibilizadas para absorção do CO2 gerado pelas atividades, constituindo um dos aspectos no cálculo da pegada ecológica com desdobramentos positivos na esfera econômica e ambiental.

A Ação Muda Brasil versa para redução do desmatamento e da degradação ambiental das regiões brasileiras, em especial, para a defesa / preservação / recuperação de uma das áreas ambientais, consideradas pela sua importância “Patrimônio da Humanidade” (representando mais da metade das florestas tropicais remanescentes no planeta e compreendendo a maior biodiversidade em uma floresta tropical no mundo), além de representar um dos seis grandes biomas nacionais – Amazônia.

Outra área de destaque na Ação Muda Brasil será para a região do Rio São Francisco, denominado "rio da unidade nacional" e é considerado como um dos mais importantes cursos d’água do Brasil e de toda América do Sul. A fonte de vida e de riqueza de suas águas possibilitam o múltiplo uso do seu potencial hídrico, para abastecimento humano, agricultura irrigada, geração de energia, navegação, piscicultura, lazer e turismo.

Além destas áreas, a Ação Muda Brasil contemplará todas as regiões brasileiras com demandas para o plantio e reflorestamento, concedidas por meio dos entes públicos (Municipal, Estadual e Federal), ou pela iniciativa privada, para a obtenção de maior equilíbrio ecológico.

Todo processo do plantio será apresentado com total transparência, através de um mecanismo de identificação, que possibilitará toda e qualquer árvore plantada, ser identificada e localizada por meio de fotografia e georreferenciamento via GPS.

Com o objetivo de compensar as degradações promovidas pela Indústria de Eventos ao meio ambiente, a Ação Muda Brasil será fomentada, através do Levada Eco, com um movimento social engajado na proposta da defesa da Sustentabilidade, convertendo o valor financeiro das "camisas Eco" em valor social e ambiental para a nossa ecologia (mudas de árvores). A força desta proposta contará com uma campanha nacional de ação social para a Defesa da Sustentabilidade, como fator vital ao ecossistema: "Sustentabilidade - Plante essa ideia".

Cada inscrito receberá uma cartilha contendo temas na área da Sustentabilidade e Saúde, além ter seu nome vinculado a cada muda de árvore plantada (de acordo com sua autorização), através de uma etiqueta de identificação contendo o código da inscrição disponibilizada no site (www.circuitoecobrasil.com.br), acessível a todos. As inscrições serão limitadas com base estipulada no ato da parceria da implantação do projeto.

  • Luehea Divaricata - Açoita Cavalo Miúdo
  • Amburana Cearensis - Amburana
  • Anadenanthera Colubrina - Angico Branco
  • Andenantera Peregrina - Angico Branco do Morro
  • Anadenanthera Macrocarpa - Angico Vermelho
  • Myracrodruon Urundeuva - Aroreira Preta
  • Cassia Leptophylla Vogel - Barbatimão Ornamental
  • Dipteryx Alata - Baru
  • Eugenia Involucrata - Cereja do Mato
  • Poecilanthe Parviflora - Coração de Negro
  • Lafoensia Pacari - Dedaleiro
  • Albizia Niopoides - Farinha Seca
  • Lonchocarpus Muehlbergianus - Feijão Cru
  • Figueira Mata Pau
  • Parapiptadenia Rigida - Gurucaia
  • Handroanthus Ochraceus - Ipê Amarelo
  • Handroanthus Chrysotrichus - Ipê Amarelo do Morro
  • Pterogyne Nitens - Pau Amendoim
  • Gallesia Integrifolia - Pau D'Alho
  • Caesalpínia Ferrea - Pau Ferro
  • Triplaris Americana - Pau Formiga
  • Piptadenia Gonoacantha - Pau Jacaré
  • Heliocarpus Popayanensis - Pau Jangada
  • Chrysophyllum Gonocarpum - Peroba Branca
  • Peroba Vermelha
  • Prunus Sellowii - Pessegueiro Bravo
  • Eugenia Uniflora - Pitanga
  • Colubrina Glandulosa - Saguaraji
  • Machaerium Stipitatum - Sapuvinha
  • Caesalpinia Peltophoroides - Sibiripuna
  • Suinã
  • Enterolobium Contortisiliquum - Timburi
  • Citharexylum Myrianthum - Tucaneiro
  • Bixa Orellana - Urucum

E mais: O Projeto estará preocupado em adaptar o plantio de árvores à fisionomia natural e original de cada região.

Desenvolvido com por tavares.in